12‌ ‌itens‌ ‌que‌ ‌você‌ ‌precisa‌ ‌considerar‌ ‌na‌ ‌escolha‌ ‌do‌ ‌berçário‌ ‌

12‌ ‌itens‌ ‌que‌ ‌você‌ ‌precisa‌ ‌considerar‌ ‌na‌ ‌escolha‌ ‌do‌ ‌berçário‌ ‌

Oi flor do dia, tudo bem com você?

Os últimos dias da licença maternidade podem ser um período de grande angústia para as mamães. A proximidade do retorno ao trabalho traz a tona uma tarefa muito difícil para a maioria de nós: a escolha do berçário. Quem já passou, está passando ou conhece alguém que passou por isso levanta a mão! 

Para ajudar nesse momento, trouxe 12 itens que precisamos considerar na escolha de um berçário, e que eu usei quando chegou a vez de matricular o Muri:

  1. Logística e custo

Priorize locais que atendam a logística e orçamento da família em relação a endereço, horários e valores. Faça uma lista com todos os berçários que atendam a esse critério e agende as visitas nesses locais para avaliar os itens a seguir. 

2. Número de berçaristas e formação

O ideal é que tenha no máximo 4 crianças para cada berçarista.

3. Lactário

Avaliar se a escola tem lactário ou uma estrutura para armazenamento de leite materno ordenhado e qual a logística do local.

4. Berços

Máximo  de 12 em uma sala, com distância de 0,5m entre eles e exclusivo para cada criança.

5. Iluminação

Avaliar se há cortinas que possibilitem escurecer ambiente para o soninho.

6. Área para banho de sol

Possui área para banho de sol e contato da criança com natureza (horta, por exemplo)?

7. Estrutura predial

Piso e parede de fácil higienização, janelas com proteção, piscina, se tem escada, tomadas se estão protegidas. Rotina de higienização desses locais.

8. Área de higienização

Pomada é passada com palito/luva? Como é feita a higienização da banheira? E o armazenamento dos itens de higiene? Qual a rotina de banho e frequencia de troca de fraldas? As lixeiras são tampadas?

9. Área de refeição

Tem acompanhamento de nutricionista? Qual o cardápio, horários e rotina de alimentação? Eles utilizam cadeirão? A aceitação é registrada em agenda? 

10. Protocolo para criança doente

Aceitam ou não? Medicam na escola? Quais os procedimentos?

11. Brinquedos 

São seguros para a idade? Higienizados com frequência? Como é a rotina de estimulação e brincadeiras?

12. Idade dos bebês

 Como é a divisão entre bebês menores, que já sentam, engatinham ou andam? 

O Murilo foi para o berçário com 1 ano e meio e, por isso, quando escolhi o berçário para ele, além desses 12 itens eu avaliei mais dois que também são super importantes para todos os bebês e para crianças um pouco maiores:

  • Detalhes sobre atividades pedagógicas, sensoriais, de música, contato com natureza, parque;
  • Hora da refeição: o bebê pode comer sozinho, explorar a comida ou é alimentado? Para mim é super importante que deixassem ele explorar e comer sozinho com supervisão e ajuda, se necessário. 

Na escolha do berçário do Muri eu visitei 10 colégios que atendiam o primeiro critério e fui excluindo de acordo com os outros. Não foi fácil, confesso que a cada colégio que eu entrava a angústia só aumentava. A verdade é que dificilmente acharemos um lugar que cuidará do nosso filho como nós cuidamos em casa. Várias perguntas na cabeça: se ele chorar, quem vai dar colinho ou deitar com ele na barriga para acalmar? Como vão saber que quando ele resmunga é porque está com calor? Mas eu segui firme, foquei na lista e deu super certo!

Espero que essa lista te ajude a ficar mais tranquila com sua escolha!

Até jajá

Compartilhe este conteúdo
Fechar Menu