6 bebidas que NÃO devemos oferecer para crianças de 0 a 5 anos

6 bebidas que NÃO devemos oferecer para crianças de 0 a 5 anos

Oi flor do dia, tudo bem com você?

Especialistas da Academia de Nutrição e Dietética (Academia), da Academia Americana de Odontopediatria (AAPD), da Academia Americana de Pediatria (AAP) e da American Heart Association (AHA) sob a liderança da Pesquisa sobre Alimentação Saudável (HER) publicaram um relatório sobre bebidas saudáveis para crianças de 0 a 5 anos de idade.

Existem algumas recomendações interessantes sobre quando, como e qual bebida podemos oferecer para crianças nessa idade, mas hoje quero focar em 6 bebidas que, segundo o relatório, não devem ser oferecidas:

1. Leites aromatizados (por exemplo, chocolate, morango);

2. Fórmulas de “transição” ou “desmame” (às vezes chamadas de leites infantis, leites crescentes ou fórmulas de acompanhamento);

3. Leites à base de plantas / não lácteos (por exemplo, amêndoa, arroz, aveia)*;

4. Bebidas com cafeína (por exemplo, refrigerante, café, chá, bebidas energéticas);

5. Bebidas adoçadas com baixas calorias (por exemplo, bebidas “diet”, zero ou light, incluindo as adoçadas com estévia, sucralose ou outros adoçantes com baixas calorias, naturais ou não);

6. Bebidas adoçadas com açúcar (por exemplo, refrigerantes, bebidas de frutas e bebidas com sabor de frutas, adesivos de frutas, bebidas esportivas, bebidas energéticas, águas açucaradas e bebidas açucaradas de café e chá)

*Os leites à base de plantas / não lácteos não são recomendados como substitutos completos do leite comum. As evidências indicam que, com exceção do leite de soja enriquecido, muitas alternativas de leite à base de plantas / não lácteos não possuem os principais nutrientes encontrados no leite de vaca. Mesmo quando esses leites têm nutrientes extras adicionados a eles, nosso corpo pode não absorver esses nutrientes tão bem quanto o leite comum.

Os leites não lácteos não açucarados e fortificados podem ser uma boa opção se uma criança for alérgica a produtos lácteos, intolerante à lactose ou estiver em uma família que não consome laticínios. Não deixe de consultar o seu médico ao escolher um leite à base de plantas / não lácteo.

É importante garantir que a alimentação do seu filho tenha as quantidades certas de nutrientes essenciais encontrados no leite, como proteínas, cálcio e vitamina D, essenciais para o crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Até jajá!

REFERÊNCIA

Healthy Beverage Consumption in Early Childhood. Recommendations from Key National Health and Nutrition Organizations. Disponível em: http://healthydrinkshealthykids.org

Compartilhe este conteúdo
Fechar Menu