Como cuidar das unhas dos bebês

Como cuidar das unhas dos bebês

Oi flor do dia, tudo bem com você? 

Uma das coisas que pode gerar receio nas mamães, principalmente as de primeira viagem, é o cuidado com a unha do bebê.

Logo que nascem, grande parte dos bebês já possuem as unhas compridas, o que pode causar arranhões e ferimentos ainda na maternidade. As unhas dos bebês são pequenas e molinhas e podem confundir-se com a pele. Por esse motivo, o momento de apará-las exige atenção redobrada.

A primeira dica é, nos primeiros 15 dias, caso as unhas não estejam tão compridas, o ideal é utilizar uma “lixa” fininha somente para aparar as pontinhas mais longas. Lembrando que um item importante desde a maternidade é a luva, que vai proteger o bebê de se arranhar. Se for verão, opte pelas luvas de algodão bem fininhas.

Com as unhas mais fortes e rígidas, cortá-las passa a ser tarefa mais fácil. Porém, é preciso cautela, já que qualquer movimento do bebê pode causar pequenos acidentes. Pedir auxílio ou aproveitar o sono do bebê é uma boa dica para as primeiras vezes, até obter prática.

Veja um passo a passo de como cortar a unha do bebê:

– Lave bem as mãos do bebê e as suas com água morna e sabonete;

– Use tesoura com ponta arredondada ou cortador adequado para bebês;

– Faça o procedimento em local iluminado para enxergar bem as unhas e não confundi-las com a pele;

– Corte reto e não cutuque os cantinhos, pois podem inflamar com facilidade;

Quando devo cortar a unha da criança?

Unhas compridas são um prato cheio para a proliferação de microorganismos, principalmente das crianças que levam a mão à boca com frequência, por isso a higiene é fundamental. Procure aparar as unhas das mãos toda semana, pois crescem com mais rapidez. Já as dos pés, o corte pode ser realizado a cada 15 dias.

Para acompanhar essa e outras dicas, siga-me no instagram @gibelarmino_

Até jajá!

Compartilhe este conteúdo
Fechar Menu